Você Sabia? Äulora

Você sabe o que Phil Collins, Will.i.Am (Black Eyes Peas), Brian Wilson, Jeff Beck, Pete Townshend, Ludwin van Beethoven, Neil Young, Ozzy Osbourne, Chris Martin (Coldplay), Noel Gallagher (Oasis) e Eric Clapton tem em comum?

Todos tem problemas auditivos.

É fato que por viverem em meio a shows, onde o Loudness é necessário para poder atingir o público que por sua vez é cada vez mais exigente nessa questão, pode ter contribuído para esses problemas. Em vários casos, esse deve ser o principal motivo.

O que muitos não sabem é que está cada vez mais comum encontrarmos músicos que apresentam essas perdas de audição.

Recentemente recebemos de surpresa uma notícia dessas. Nossa querida e talentosa Vocalista e Produtora, Andressa Ribeiro do projeto Aulora, foi diagnosticada com uma perda significativa do ouvido esquerdo, devido a excessiva exposição a altos níveis de decibéis.

Sem dúvidas um notícia triste, que sensibilizou e também alertou a muitos por aqui.

Quem não se lembra do clássico filme do Dj/ Produtor Frankie Wilde “It’s all gone Pete Tong” ? Se ainda não viu, veja!

O Filme conta a história de um Dj de Renome que teve uma virada drástica em sua vida quando perdeu completamente a audição… Não contarei mais pois seria spoiler e este é um filme que você, amante da música eletrônica deveria ver.

Em conversa, Andressa nos explicou que parar com a música foi seu primeiro pensamento, apesar de todo amor e paixão pela música uma notícia dessas mexeria com qualquer um, não é mesmo?

Porém, após orientações de profissionais, viu que existiria um jeito seguro de prosseguir com sua carreira e de certa forma alertar inúmeros profissionais do ramo.

“Eu sabia por outros exames que fiz no passado da perda auditiva, mas descobri a gravidade ao colocar o aparelho auditivo. Quando a fonoaudióloga colocou o aparelho e perguntou: Você está me ouvindo?

Chorei por uns minutos, mas foi quando respondi que realmente desabei, pois foi nesse momento que notei o real timbre da minha voz, uma experiência chocante que não desejo a ninguém.

Fui ao consultório pois o Michel (Ceo ToneCity) estava achando estranho as minhas equalizações e a forma com que puxava frequências desnecessárias.”

A decisão de tornar essa notícia pública com certeza foi delicada, mas Andressa o fez como um modo de alertar não somente os profissionais da música, mas também o público que consome frequentemente esses ambientes, certos cuidados devem ser tomados para que vivamos a música de maneira saudável, para que vivamos a música em seu completo.

A frase “The Music should be felt, not just heard” (a música deve ser sentida, não apenas ouvida) nunca fez tanto sentido para a artista, e é com essa frase que encerramos nossa matéria.

Compartilhe!

Receba novidades exclusivas da ToneCity, cadastre seu email